Blog sobre saúde, beleza, cabelos, cursos profissionalizantes,

A importância da massoterapia em nossa vida

Entenda os a importância da massoterapia para nossas vidas e os benefícios para saúde e bem estar.

 A importância da massoterapia em nossa vida
Chronos Escola
Chronos Escola
Massoterapia
21/07/2017 08:07h
1450 views
10 minutos

Você já se perguntou qual a origem da massagem? Porque gostamos tanto, ou ainda, porque a massagem é tão importante na vida das pessoas? E porque não é aceita como sendo um benefício para a saúde por toda a sociedade?

Desde que a humanidade surgiu, surgiu também a massagem, e isso é bem simples de entender. O toque é a forma mais primitiva e intuitiva de cuidar, e desde sempre, a maioria das culturas pratica algum tipo de toque terapêutico. A palavra massagem é de origem grega e significa “amassar”. Quando sentimos alguma dor em qualquer parte do corpo, nossa reação instintiva é a de friccionar ou segurar a área afetada na tentativa de diminuir o desconforto. Estudos arqueológicos indicam que, já na pré-História, as pessoas promoviam o bem-estar geral e adquiriam proteção contra lesões e infecções por meio de fricções no corpo. Seriam os primórdios do que hoje se entende por massagem.

Há registros de que antigas civilizações, tais como egípcios, hindus, chineses, japoneses, gregos e romanos, há cerca de 300 a.C., já utilizavam a massagem como forma de gerar bem-estar. No entanto, os primeiros a reconhecer e sistematizar as propriedades curativas da massagem foram os chineses, que possuem a literatura mais remota sobre o assunto: o Nei Ching, mais conhecido no ocidente como o “Livro do Imperador Amarelo”, escrito em 2800 a.C. Ao longo dos milênios, cada civilização desenvolveu seu próprio estilo de massagem, com base na sua cultura. No Oriente algumas destas técnicas perduram até hoje, como o Shiatsu e a Massagem Ayurvédica, que se se espalharam pelo mundo.

Já no Ocidente, a massoterapia teria sido banida da Europa durante a Idade Média. O contato físico era considerado como algo pecaminoso pela Igreja Católica. Isso pode explicar porque algumas pessoas até hoje têm uma visão distorcida sobre o tema, sempre associando o ato de fazer massagem com o despertar do libido ou estímulos sexuais. Uma pena, sofrem os massoterapeutas (principalmente as mulheres) e sofrem essas pessoas que perdem a chance de disfrutar de algo tão agradável e poderoso que é o toque terapêutico. Esse texto ilustra perfeitamente a importância da massagem e a visão distorcida que recai sobre o assunto:

“A massagem é necessária no mundo porque o amor desapareceu. Outrora o próprio toque dos amantes era suficiente. Uma mãe tocando o filho, brincando com o seu corpo, era massagem. O marido brincando com o corpo da mulher, era massagem; isto era suficiente, mais do que suficiente. Isto era profundo relaxamento e parte do amor. Mas isto desapareceu do mundo. Nós esquecemos onde tocar, como tocar, o quão profundo é o ato de tocar. Na verdade, o toque é uma das linguagem mais esquecidas.

Nós nos tornamos quase desconfortáveis no toque, porque a própria palavra foi corrompida pelas assim chamadas “pessoas religiosas”. Elas lhe deram uma conotação sexual. A palavra se tornou sexual e as pessoas se tornaram amedrontadas. Todo mundo está de guarda para não ser tocado, a menos que se permita.

Agora no ocidente o outro extremo chegou. Toque e massagem se tornaram sexual. Agora a massagem é apenas uma cobertura, um cobertor para a sexualidade. Na verdade nem o toque nem a massagem são sexuais.  

"A massagem é entrar em sincronia com a energia do corpo de alguém e sentir onde ela está faltando, sentir onde o corpo está fragmentado e torná-lo completo. É ajudar a energia do corpo de modo que ela não seja mais fragmentada, não mais contraditória. Quando as energias do corpo estão alinhadas e se tornam uma orquestra, então você está completo.” (Osho. O Livro da Cura.)

Por volta de 1968 na França, Suécia e Holanda, a massagem começou a ser mais aceita e conhecida como método terapêutico no Ocidente devido ao desenvolvimento de técnicas baseadas em conhecimentos da ciência da época e fisiologia.

Atualmente, com o mundo do jeito que está, cada vez mais pessoas buscam a massagem como forma de reencontrar seu equilíbrio natural. O aumento da popularidade da massagem e terapias correlatas para redução de estresse e de problemas músculo-esquelético crônicos, está trazendo de volta o reconhecimento da importância da massagem. Ainda bem!

A Massagem terapêutica tem sido estudada cientificamente por muitos anos. Tem apresentado muitos efeitos positivos em uma variedade de condições de saúde. Teve suas raízes com Pehr Henrique Ling em 1813, ganhou força e maior arsenal terapêutico com o Dr. Mezger da Holanda. A partir da massagem terapêutica, diversos profissionais e o próprio público em geral, passou a mudar o olhar com relação a profissão. Em 1916, com as pesquisas sobre efeitos fisiológicos o Dr. Mennell, reconhece os benefícios e efeitos já ditos por Ling 100 anos antes.

Tais efeitos eram: mecânicos, fisiológicos e reflexos. Em 1950, Gertrud Beard propõe seu próprio método de Massagem Terapêutica, fugindo das propostas de Ling, Mezger e Mennell, entretanto, a massagem dita terapêutica, possuía um arsenal próprio, com princípios e práticas especificas. Muito utilizado por médicos e práticos, esse sistema ficou com os massoterapeutas.

Há muitos aspectos positivos da massagem. Um dos mais importantes benefícios da massagem é um aumento da circulação, que podem acelerar a cura e melhorar a recuperação, que foi preconizado por Ling em 1813. Outro aspecto é o conhecimento da natureza dos tecidos, campo especifico da massoterapia, onde a massagem terapêutica ganha respaldo.Preconizado por Boris Chaitow, Stanley Lief e Cyriax.

Hoje em dia, pesquisas científicas mostram claramente muitos benefícios da massagem na nossa saúde e bem-estar, dentre elas: 

  • Alivia o stress e promove uma sensação geral de relaxamento, ajudando você a respirar e se mover mais facilmente
  • Alivia a dor e a tensão, e ajuda a gerenciar melhor a dor• Reduz a inflamação• Promove a rápida recuperação de lesões (trabalho, trauma, acidente ou desportivas)
  • Aumenta a mobilidade e permite uma maior flexibilidade articular e amplitude de movimento
  • Melhora a circulação
  • Melhora e fortalece o sistema imunológico
  • Alivia problemas osteo musculares e melhora a postura
  • Alivia os desconfortos da gravidez.
  • Reduz a ansiedade e promove uma sensação geral de bem-estar
  • Aumenta a consciência corporal

Massagem terapêutica além de ser muito eficaz no alívio do stress, há muita pesquisa científica que mostra como a massagem pode ajudar com uma variedade de condições de saúde, incluindo:

  • Ansiedade
  • Artrite
  • Dor nas Costas
  • Síndrome do túnel cárpico
  • A dor crónica e aguda
  • Problemas circulatórios
  • Depressão desordens digestivas
  • Fibromialgia
  • Doenças músculo-esqueléticas
  • Dor
  • Distúrbios do Sono
  • Lesões desportivas
  • Stress
  • Tendinite

Segundo Tifany Field do Instituto do Toque em Miami, a massagem terapêutica possui escopo de estudo especifico e requer dedicação por parte do terapeuta. Nela são encontradas as seguintes técnicas: DLM, massagem sueca modificada, técnicas de fricções diversas, manobras de compressão, cinesiologia e etc.

Os terapeutas de massagem irão usar uma variedade de técnicas para promover a cura e relaxamento, bem como promover uma maior flexibilidade e amplitude de movimento. Quando um grupo específico do músculo está lesionado ou contraturado, outros músculos ao redor da área afetada também ficam atingidos em resposta a ferimentos ou contrações.

É necessário também estudo sobre miologia, que é fundamental para formação do profissional. Segundo L.Chaitow a massagem terapêutica foi o sistema que mais elevou a profissão em todo o mundo, mas requer treinamento nos fundamentos suecos e da anatomia e fisiologia sem deixar o estudo de patologias. Não podemos aceitar a massoterapia sem escopo de estudo com carga horária de anatomia e fisiologia, sem levar em consideração matérias como biossegurança, orientação em saúde, citologia e histologia…
Massagem terapêutica é área de saúde e, portanto, com formação técnica.”

Cada tipo de massagem possui os seus benefícios que podem ir desde relaxamento muscular até redução do estresse e da tensão

As massagens são procedimentos utilizados para o relaxamento, alongamento e melhoramento da saúde corporal. Dependendo do tipo, pode estimular a circulação sanguínea, o fluxo linfático, relaxar os músculos, aliviar o estresse, a ansiedade e até trazer benefícios para os centros de energia do corpo, os chamados chacras.

Para cada necessidade apresentada uma massagem diferente é indicada pelos massoterapeutas, profissionais especialistas em massagens. A partir de então, deve ser visto qual a necessidade pessoal de cada um, e só assim deve haver a escolha do procedimento.

Dores no corpo e os pontos-gatilho

Acredita-se que 75% das dores no corpo são causadas pelos pontos-gatilho ( trigger point ), nós ou contraturas, como também podem ser chamados. A formação de pontos gatilhos ocorre quando o músculo se contrai e não retorna ao seu estado de relaxamento normal formando assim nódulos nos miofilamentos que produzem dor, diminuem a produtividade muscular e movimento das articulações. Os pontos-gatilho são pontos relativamente sensíveis e podem ser localizados no músculo através de toque. Pontos-gatilho não são pontos de acupressão, apesar de alguns dos pontos serem localizados no mesmo local. Pontos de acupressão são explicados pela medicina tradicional chinesa como pontos que trabalham os meridianos energéticos.

A formação dos pontos-gatilho está totalmente ligada à rotina estressante do dia-a-dia, falta de preparação física, movimentação inadequada, excesso de esforços repetitivos e utilização de alguns medicamentos. Dor de cabeça, no pescoço, na região lombar e limitação no movimento das articulações, podem ser causadas pelos pontos-gatilho ativos. Fortes dores causadas pelos pontos podem aparecer acompanhadas de sintomas como dor de ouvido, náuseas, tontura, arritmia, dor nos genitais, cólicas e outros. Através do tratamento adequado dos pontos-gatilho parte dos medicamentos consumidos livremente para diminuir esses sintomas poderiam ser consumidos com menor frequência.

Os pontos-gatilho não são simples de se tratar. Alguns livro citam a possibilidade de auto tratamento. Cada tipo de ponto necessita de tratamento adequado para desativação. O auto tratamento pode ser complicado pelos pontos serem divididos em fixos, centrais e satélites, exigindo assim um conhecimento mais amplo. Cada ponto deve ser localizado, reconhecido e tratado com manobras manuais, que são diferentes para cada caso. Um ponto gatilho tratado de maneira inadequada pode gerar mais dor e até mesmo ativação de outros pontos. Por isso um bom profissional dessa área tem que estudar muito e se manter sempre atualizado.

Através do curso, o profissional pode aprender e se atualizar nas diversas técnicas de massoterapia são elas: 

  • Anatomia e Fisiologia Aplicada à Massoterapia
  • Massagem Estética (Lipo Escultura Manual)
  • Massagem Relaxante (Neuro Sensibilizante)
  • Massagem Terapêutica (Neuro Circulatória)
  • Modelagem Corporal (Tratamentos Estéticos)
  • Drenagem Linfática Corporal (Dermo Presso Sequencial)
  • Drenagem Linfática Facial
  • Quick Massage
  • Auriculoterapia
  • Reflexoterapia Podal
  • Biotipo Glandular
  • Espondilo Análise
  • Relações Humanas
  • Montagem de Gabinete
  • Gestão de Negócios e Legislação.

Depois da formação, o leque de opções de trabalho é grande também. O massoterapeuta pode trabalhar em clínicas médicas, Spas, clínicas especializadas em estética, academias de ginástica, centros de reabilitação física, hospitais ou ainda como profissional autônomo.

SAIBA MAIS


Deixe seu comentário aqui: